Seguidores

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O Adeus da Tiazinha.



2014

Neste ano Tia Maria iniciou mais uma incrível caminhada.




Entrou o ano com o pé direito, no seu jeitinho meigo e em sua maneira incrível de ver o mundo. Afinal, são 98 anos e dois meses que Tia Maria vai driblando esta vida tão maravilhosa quanto ela.


Hoje, dia 22 de janeiro, Tia Maria, enfrentando estes dias caniculares, onde as temperaturas registradas no Rio Grande do Sul bateram todos os recordes, ela não se deixou abater e resolveu brincar ao seu modo
.

Nem bem clareara o dia o amigo Neri Rodeghiero entrou silenciosamente na casa de Tia Maria. Não queria fazer barulho para não acordá-la. No que estava certo, pois ela continuava dormindo tranquilamente em seu quarto.




Rodeghiero foi pé ante pé para ver como Tia Maria estava. Ao notar a presença do velho e dedicado amigo, Tia Maria fechou bem os olhos para que o compadre, como ela o chama pensasse que ela continuasse a dormir, e fez mais.


Como sempre brincalhona, Tia Maria trancou até a respiração para que o amigo Rode pensasse que ela havia morrido.


Ele ao chegar ao lado da cama vendo a velhinha Tia Maria inerte pensou realmente que ela havia falecido. E ela prestando-se a brincadeira continuou segurando a respiração, mantendo os olhinhos bem fechado.


Imediatamente Rodeghiero chamou a vizinha e amiga Teresa, que cuida voluntariamente de Tia Maria nesses últimos vinte e tantos anos. Teresa ao chegar ao quarto de Tia Maria levou um enorme susto. Mas a boa e traquinas Tia Maria continuava a brincar de estar morta, e mantinha-se sem respirar só para assustar os outros.




Que levada é esta Tia Maria.


Em pouco tempo mais e mais vizinhos acorreram a sua casa e Tia Maria continuava a brincar de estar morta.


Seu rosto mantinha um sorriso maroto, mas para dar mais credibilidade em sua brincadeira continuava fazendo um esforço muito grande para não respirar, afinal de contas o que a gente leva desta vida é a alegria de uma boa brincadeira.


Ao meio dia eu estava em Gravataí procurando um restaurante para almoçar quando meu celular tocou.


Era a Sandrinha, minha mulher, que chorosa me contou que em Pelotas estavam todos consternados, já haviam até comunicado a todos os amigos e parentes que Tia Maria estava inerte em sua cama. Mas ninguém notava que Tia Maria estava brincando.


Mais de seis horas, a casa cheia de amigos e parentes, e Tia Maria ria de sua brincadeira e continuava trancando a respiração para que todos pensassem que ela havia realmente falecido.


Ah! Pensei. Isto só pode ser mais uma brincadeira de minha amada Tia Maria, a titia mais legal do mundo. Minha tia amada, assim como eu sou o seu sobrinho amado.




Amada Tia Maria.


Vou telefonar para Tia Maria, porém pensei com os meus botões, ela não vai atender só para me deixar preocupado pensando que ela realmente havia falecido. Ela é muito brincalhona.


Minha irmã então ligou para minha mulher dizendo que já estava na estrada rumo a Pelotas ver a Tiazinha que havia falecido.


Eu sei que isto não é verdade. Eu sei que Tia Maria está bem, ela só está brincando de morta.


Ah Tiazinha! Tu não me enganas.


Eu te amo tanto que até ri e ri muito de tua brincadeira.


Eu sei como tu és. Vives passando a perna nos amigos e parente que tanto te amam. Tu és simplesmente bárbara. Amamos muito a Tia Maria.


A brincadeira foi levada a sério e chegaram a marcar os funerais da Tiazinha para amanhã, dia 23 de janeiro, as 11 horas no Cemitério de Pelotas, ali no Fragata, pois até os médicos foram enganados e deram até atestado de óbito.


A brincadeira tomou tal vulto que inclusive tiraram ela da cama e a colocaram em um ataúde e velas foram acesas.


E eu tenho a certeza que centenas de pessoas estarão chorando nesse momento, e todos eles estarão sendo enganados por mais uma de tuas traquinagens. Ah Tiazinha! Já são quase 21 horas e continuas brincando de morta. Desde o clarear do dia quando o Rodeghiero entrou na tua casa estás brincando de não respirar.


Tiazinha não faça isto, tu já estás com 98 anos, e ficar tanto tempo sem respirar pode te fazer mal.


Eu compreendo que estás brincando. Estás dando risada deste mundo, estás te divertindo e muito. Estás dando uma banana para as coisas ruins.


Tiazinha, tu és o Sol que ilumina minha vida.


Tu és a brisa que acaricia meus cabelos.


Tu és a chuva que nos trás a bonança.


Tu és noite estrelada.


Tu és única e maravilhosa.


E enquanto todos entraram na tua brincadeira, choram e se lamentam, tu continuas a brincar de se fazer de morta e eu aqui continuo a te ver sorrindo, meiga e amorosa.


Tu continuas viva em meu coração.


Afinal de contas somos vinho de mesma pipa, somos brasa de mesma fogueira, somos água de mesma fonte.


Deixe os outros pensarem que morrestes.


Mas se quiseres dar uma respiradinha, não te acanhes, mas faça isto sem que os outros te vejam, pois eles caíram em mais uma de tuas brincadeiras. Como são bobos.


Tia amada te amo muito e continuarei a te amar.


E todos esses bobos que caíram na tua brincadeira também te amam, o Vital Porep, o Neri Rodeghiero, a Tereza, a Rossana Rodeghiero, a Luzia Rodeghiero, o Jorginho Barbosa, a Ceni Barbosa, a Neraci Garcia, o Manoel Garcia, a Maria Lucia, o Thomaz, a Ieda, o Adriano, a Sandrinha e a Monica de los Santos Teixeira e todos os outros milhares de amigos que tens e a centena de pessoas que estavam contigo no final desta brincadeira.


Beijinho meu amor eterno.


Mas eu não caio nas tuas brincadeiras porque te conheço muito bem.


De morta tu não tens nada, estás bem vivinha.


Preocupo-me com tua saúde, pois esses bobos que acham que tu morreste vão levar essa brincadeira até o fim e vão mesmo te sepultar.


Dê de ombros pra eles.


Pois não há ninguém mais vivo que Tia Maria.



Aviso aos leitores:

Entrando na brincadeira de Tia Maria este blog se encerra com essa matéria, pois Tia Maria além de tudo é muito teimosa e levará esta brincadeira por toda a eternidade.

E aqui fica o adeus de Tia Maria a todos os leitores deste blog, aos quais sei que ela agradeceria por terem deste participado.


- LEIA E PARTICIPE DO BLOG:
"Eu sabia, e tu sabias?"




7 comentários:

  1. Ora judiaria,. Mas ela vai deixar saudade. Tu sabe que tive essa mesma sensação quando perdi meu pai.
    Tenha uma boa e iluminada semana.

    ResponderExcluir
  2. Olá Anajá.
    Tinha certeza absoluta que serias a primeira a deixar um comentário. Infelizmente foi-se minha amada Tiazinha, minha fonte inesgotável de informações. Verdadeiro manancial de conhecimentos, lúcida e de bem com a vida.
    Feliz daquele que teve a graça de um dia conviver com uma pessoa tão maravilhosa quanto Tia Maria.
    Obrigado Anajá. Que tenhas uma semana ótima.
    Com carinho e respeito mando-te um abraço, pois é a coisa que mais estou precisando hoje.

    ResponderExcluir
  3. Adeus...esta brincadeira me faz chorar, mas sei que onde ela estiver realmente estará rindo de nós.

    ResponderExcluir
  4. Não sei se está em algum lugar, nem tampouco se esse lugar existe, entretanto tenho a certeza que ela não merecia estar passando o que nos últimos meses passou. Afundada em um leito e tendo a noção exata do que estava acontecendo, pois sua lucidez era espetacular. Como disse a caríssima Anajá, de Minha vida de campo "ela vai deixar saudade", e muita.
    Beijos minha filha.

    ResponderExcluir
  5. Te dejo mi blog de poesia por si quieres criticar gracias.
    Me gusta mucho el tuyo.
    http://anna-historias.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anna.
      Fiquei muitíssimo honrado com tua visita e comentário. Se não estou respondendo em espanhol, é porque sei que entendes bem o português do Brasil e também porque perderia a essência que nos distingue. (Pero mi aboelito es Uruguayo e mi mujer tiene sus raíces en Uruguay y Argentina).
      Também fiquei honrado em que tenhas gostado de meu blogue, e deixo-o a tua inteira disposição.
      Aqui do extremo sul do Brasil, com muito respeito e carinho.

      Excluir
  6. ANNA.
    Lendo tuas belas poesias notei pelas palavras empregadas que és da Catalunya. Ou estou enganado?
    Com carinho e respeito aqui do Rio Grande do Sul, extremo sul do Brasil.

    ResponderExcluir